Educação Ambiental com Abelhas Nativas Sem Ferrão para crianças

Uma das ações do Meliponário é a educação ambiental por meio das abelhas nativas com foco principal no público infantil. O livro infantil “O Elo invisível” de autoria dos fundadores do Meliponário Tapajós é uma prova viva desse interesse.

 

Colégio Objetivo

Em abril de 2018 participamos de uma feira de livros no colégio Objetivo de Valinhos-SP, apresentando as abelhas, insumos, plantas e falamos um pouco sobre o nosso livro para as crianças. Como somos professores essas ações são uma extensão natural do nosso trabalho cotidiano.



Imagem da ação realizada no Colégio Objetivo em Valinhos

É muito interessante perceber como as abelhas chamam a atenção e como as crianças e adultos são desinformados sobre nossas abelhas nativas: não conhecem a variedade de espécies, não sabem que o mel é diferente, que elas efetivamente não oferecem perigo pois não ferroam e também como se dá o processo de polinização e produção de insumos o que toca numa questão pragmática, o conhecimento das espécies de plantas que ajudam as abelhas e a vida em geral.


Acima duas imagens do mesmo evento mostrando o interesse das crianças por esses insetos sociais.

 

Escola Bosque das Letras

Em 2017 fizemos uma ação educacional na escola de ensino fundamental Bosque das Letras em Jandira-SP. Ação incluiu apresentação das abelhas, a importância das abelhas na preservação ambiental, degustação de Mel e contação de histórias. A atividade inclusive está em destaque no site da escola.


Apresentação de enxame de abelhas nativa sem ferrão em caixa didática dentro da sala de aula.


Contação de história


Acima a expectativa da criança para degustar mel direto do enxame na escola Bosque das Letras

 

Parque Taquaral em Campinas

Em 2018 participamos da Semana do Meio Ambiente de Campinas (Semeia 2018) organizado pela prefeitura de Campinas. Ficamos com um espaço no Parque Taquaral com o objetivo de apresentar as Abelhas Nativas Sem Ferrão para as pessoas no local. A ação teve apoio do departamento municipal de proteção e bem-estar animal.


Acima, no Parque Taquaral, em junho de 2018, explicando sobre a diferença entre as abelhas exóticas e as nativas enquanto a criança observa com o lupa um enxame de abelha Mirim em caixa didática.

 

Caso tenha interesse em realizar uma ação educacional na sua escola ou comunidade entre em contato conosco, por e-mail: info arroba meliponario ponto com ou pelo formulário na página de contato.

Pesquisa sobre artropodofauna no Meliponário

Hoje pela manhã recebemos a primeira visita do pesquisador Bruno Polizello. Ele está cursando pós-graduação na UNESP de Rio Claro, no Instituto de Biociências. O Meliponário Tapajós será objeto de estudo para sua Monografia de conclusão de curso.

O tema da sua monografia é esse: Levantamento da artropodofauna associada às colônias de diferentes espécies de abelhas sem ferrão no Meliponário Tapajós em Vinhedo-SP.

Basicamente o objetivo da pesquisa é discutir as possíveis relações ecológicas, harmônicas e/ou desarmônicas, existentes entre a fauna de artrópodes encontrada nas caixas de abelhas sem ferrão ou no seu entorno na área do Meliponário.

É uma grande satisfação colaborar para a evolução do conhecimento científico da meliponicultura a partir do manejo racional que cultivamos aqui no Meliponário. Assim que a pesquisa ganhar corpo divulgamos mais novidades por aqui.