Divisão de Mandaçaia (MQQ)

Em 01/08/2013 fiz a minha primeira divisão de Mandaçaia. Foram momentos de muita tensão e emoção.

Abaixo a foto da caixa mãe, que doou três discos de cria, -caixa essa que chama-se “matriz” por ter apenas um compartimento e um enxame forte.

20130804-111422.jpg

Dá para notar o geopropólis cobrindo a tampa da caixa. Essa colmeia foi adquirida em 30/05/2013 e embora tenha um recipiente para alimentação artificial nunca foi utilizado.

Para a caixa filha foi usada uma caixa racional modelo INPA confeccionada pelo colega Pedro Ziti.

20130804-112356.jpg

Abaixo a caixa com as Abelhas, tampa de acetato para observar o desenvolvimento da divisão e algumas folhas de cera alveolada para ajudar a manter a temperatura dos discos.

20130804-112453.jpg

Três dias depois fiquei impressionado com o desenvolvimento da caixa. Podemos ver três potes de mel confeccionados e um praticamente cheio e os discos de cria cobertos.

20130804-113216.jpg

Ao fazer a divisão alguns potes de mel se romperam, tive o cuidado de retirar um pouco com a seringa e guardar na geladeira. O mel tinha um sabor muito singular e bem mais líquido que o da Iraí e Jataí e uma cor bem clara. Nesse terceiro dia servi o mel para elas como vemos abaixo.

20130804-113820.jpg

Abaixo foto da colmeia com 15 dias depois da divisão. Tudo indo muito bem. O que me chamou a atenção foi a grande humidade no interior da caixa, reparem as paredes totalmente molhadas.

20130816-125829.jpg

Um fato curioso é que elas construíram a entrada da colmeia trocando o barro do geopropólis por cimento. A facilidade em se conseguir cimento se deve ao fato da casa do vizinho estar em reforma.

20130816-142157.jpg

Abaixo foto com 36 dias após a divisão. O invólucro foi retirado para constatar a postura e confirmar o trabalho da rainha.

20130906-123532.jpg